O que é e como funciona a hemodinâmica?

Categoria: Sem categoria

O que é e como funciona a hemodinâmica?

A hemodinâmica nada mais é que um conjunto de componentes físicos que constituem o bombeamento de sangue no sistema cardiovascular em específico. Nesse sentido, diz respeito à pressão arterial, frequência cardíaca, fluxo sanguíneo, entre outros.

A capacidade de um indivíduo de praticar qualquer atividade física depende intrinsecamente do bom funcionamento do sistema cardiovascular, já que seus componentes serão os responsáveis por levar oxigênio e nutrientes ao musculoesquelético que se encontra com a taxa metabólica mais acelerada.

Ou seja, a hemodinâmica funciona em prol de atender a uma demanda metabólica muscular.

Como funciona a hemodinâmica

As adaptações que acontecem dentro da hemodinâmica, no ciclo cardíaco, durante a execução de um exercício físico, são fundamentais para que o corpo consiga realizar a atividade.

Durante a realização de um exercício, o coração precisa bater com mais força e rapidez para suprir a necessidade de sangue aos músculos, e isso demanda ajustes que podem ser observados pelo aumento do retorno venoso, responsável por levar uma quantidade de sangue maior a cada batimento.

É possível, ainda, observar o aumento da frequência cardíaca e da força de contração graças à elevação da atividade dentro do sistema nervoso e pela diminuição da atividade nervosa parassimpática.

Como resultado, o corpo alcança um aumento considerável na quantidade geral de sangue bombeado por minuto (débito cardíaco).

Além disso, os músculos envolvidos na equação também influenciam a frequência cardíaca, já que quanto maior for a porcentagem de massa muscular presente no indivíduo que está realizando determinado movimento, mais demanda metabólica o corpo terá que suprir, aumentando o débito cardíaco para atender tal demanda.

A importância de hemodinâmica

As modificações na função de bombeamento do coração são fundamentais para garantir que o sangue necessário chegue até determinados músculos durante a atividade física.

Além disso, a hemodinâmica também é responsável pelos ajustes de fluxo sanguíneo nos vasos periféricos, produzindo um aumento de fluxo substancial para o músculo.

Orientações para o exame de hemodinâmica

Os exames que visam avaliar a hemodinâmica do paciente são fundamentais, principalmente em indivíduos com problemas cardíacos, como aqueles que já tiveram infarto, AVC, que sofrem de arritmias, que tiveram hemorragias internas graves, tromboses vasculares, aneurismas arteriais etc.

Procedimentos realizados:

  • Cardiologia Intervencionista
    • Cateterismo Cardíaco diagnóstico;
    • Angioplastia Coronária percutânea;
    • Angioplastia primária no infarto agudo do miocárdio;
    • Valvoplastias pulmonar, aórtica e mitral;
    • Fechamento de comunicações intracardíacas com implante de próteses;
    • Inserção de Balão Intra Aórtico e marca-passo cardíaco.
  • Eletrofisiologia Cardíaca
    • Estudo Eletrofisiológico;
    • Ablação de arritmias por radiofrequência;
    • TILT TEST.
  • Neurorradiologia Intervencionista
    • Angiografia cerebral;
    • Embolização de aneurisma cerebral;
    • Angioplastia de vasos cerebrais;
    • Angioplastia e stent de artérias carótidas e vertebrais;
    • Embolização de malformação vascular e tumores de cabeça e pescoço;
    • Tromboembolectomia mecânica e medicamentosa no AVCI.
  • Radiologia Intervencionista Periférica
    • Angiografia digital diagnóstica;
    • Controle de hemorragia por meio de embolização vascular;
    • Angioplastia e stent de artérias renais, aorta abdominal, ilíaca e artérias dos membros inferiores;
    • Implante de endoprótese vascular em Aneurisma de Aorta;
    • Drenagem Biliar Percutânea;
    • Vertebroplastia Percutânea para tratamento da dor em fratura patológica do corpo vertebral;
    • Shunt Portosistêmico Transjugular Intrahepático (TIPS);
    • Embolização de Mioma Uterino;
    • Tratamento de tumores primários e secundários do fígado;
    • Implantação de filtro em veia cava inferior;
    • Tratamento endovascular dos aneurismas de aorta tóraco-abdominal e das dissecções – sala cirúrgica integrada ao laboratório de hemodinâmica;
    • Tratamento percutâneo das malformações vasculares periféricas.

Consulte um médico para tirar todas as dúvidas sobre hemodinâmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu