Mitos e verdades sobre o colesterol

A

Instagram
LinkedIn
YouTube
Título
Categoria: Sem categoria

Saiba o que é verdade e o que é mito sobre o colesterol, e como ter acompanhamento de equipe de cardiologia para tratamento do colesterol ruim.

Muita gente ainda não sabe, mas o colesterol é um tipo de gordura fundamental para o bom funcionamento do organismo.

Está presente na pele, no cérebro, nos nervos, músculos, intestinos, no fígado e no coração. É o chamado colesterol bom (HDL).

Por outro lado, o colesterol ruim (LDL), quando em excesso, pode trazer diversos problemas, que já são bem conhecidos pela população, podendo provocar aumento do risco de infarto e outras doenças cardiovasculares em decorrência da obstrução de vasos sanguíneos.

Verdades e mitos sobre o colesterol

Muitas vezes, a alta quantidade de informações pode criar ruídos com o decorrer do tempo, e fazer com que sejam criados mitos ou inverdades sobre o assunto, por isso, é preciso estudar e se manter atualizado acerca do que é verdade ou mentira.

Verdades

  • Colesterol é fundamental para o corpo, já que é uma das gorduras que compõem a estrutura das células dos músculos, nervos, intestinos, pele, fígado e coração. Nesse sentido, é necessário para a formação de ácidos biliares e até nos hormônios de vitamina D;
  • O Colesterol ruim, em excesso, é o principal responsável por infarto e AVC (Acidente Vascular Cerebral), isso porque a gordura do colesterol circula pelo sangue, e em excesso pode obstruir veias e artérias, impedindo a livre passagem dos fluídos. É importante salientar que, ao medir o colesterol do sangue, é preciso saber quanto há de HDL e quanto há de LDL. Apenas o LDL deve ser tratado;
  • O excesso de colesterol ruim é decorrente de hábitos alimentares e fatores genéticos. Aproximadamente 70% do colesterol presente na corrente sanguínea advém do fígado, enquanto 30% vem da alimentação. O colesterol precisa ser removido pelo fígado, ou seja, se o órgão não trabalhar de forma correta, a capacidade de sintetização de gordura será afetada. Isso varia em cada caso.

Mitos 

  • É mentira afirmar que apenas pessoas gordas têm colesterol alto. Ainda que o colesterol ruim seja mais comum nas pessoas acima do peso (como consequência de uma dieta desequilibrada), a condição também afeta pessoas magras. Se o paciente exagera no consumo de alimentos gordurosos, ou possui histórico familiar de colesterol alto e determinadas doenças, como hipotireoidismo e diabetes, é provável que terá altos índices de colesterol no organismo;
  • É ilusório acreditar que água com limão (ou com berinjela) pode diminuir o colesterol ruim. Tais bebidas, ainda que não façam mal ao organismo, também não demonstram impacto na redução do colesterol;
  • Não há comprovação científica que óleo de coco auxilie na diminuição do colesterol. O óleo de coco tornou-se um alimento muito conhecido nos últimos anos, principalmente entre aqueles que buscam ter uma vida mais saudável. Entretanto, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, o óleo é composto por 90% de gordura saturada, e isso pode alavancar o nível de LDL no organismo. Por isso, seu consumo não deve ultrapassar 1 colher de sopa por dia.

Apenas um profissional de cardiologia pode prescrever o melhor tratamento

Para se manter saudável e longe de doenças cardíacas, é fundamental contar com o apoio de bons profissionais de ​ cardiologia ​, e o Hospital Santa Cruz conta com equipe de médicos aptos a receber e tratar cada caso de forma individual.

Navegue pelo site para conhecer mais sobre a equipe de cardiologia e acompanhe o blog de notícias sobre saúde e bem-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu