Hospital Santa Cruz investe em Cirurgias Minimamente Invasiva

Procedimento cirúrgico é menos agressivo ao organismo e promove uma recuperação mais rápida do paciente

O Hospital Santa Cruz destaca-se na aplicação de cirurgias minimamente invasivas nas áreas de ortopedia do pé e quadril, neurocirurgia, cardiologia e cirurgia digestiva. A instituição além de possuir profissionais altamente capacitados nesse tipo de procedimento cirúrgico, conta com equipamentos de alta tecnologia imprescindíveis a esse tipo de cirurgia.

O Hospital Santa Cruz adquiriu da Olympus a plataforma VISERA PRO, que conta com produtos de alta definição HDTV com alta qualidade de imagem em cirurgia endoscópica, cirurgia geral, cirurgia torácica, urologia, ginecologia, anestesiologia, ortopedia e otorrinolaringologia. O equipamento reproduz imagens claras e precisas, e os detalhes e cores permanecem nítidas e reais durante todo o procedimento.

Os procedimentos minimamente invasivos são aqueles no qual ocorre uma agressão mínima aos tecidos do corpo, com a intervenção cirúrgica restrita apenas à área doente, preservando as outras estruturas. O Objetivo geralmente é o mesmo das cirurgias convencionais, sem os riscos de uma cirurgia tradicional (grande), reduzindo a dor pósoperatória, a permanência no hospital e acelerando o retorno às atividades.

A Cirurgia Minimamente invasiva da joanete vem ganhando destaque em todo o mundo por ser mais estética e causar menos dores. O procedimento cirúrgico consiste em fazer pequenas incisões (orifícios) em torno de 3 mm e introduzir fresas (brocas de dentistas) modificada para correção das deformidades.

O procedimento cirúrgico da joanete é comandado pelo médico Paulino que já ministrou cursos sobre técnicas de cirurgia no pé no Brasil e no exterior. Atualmente é membro efetivo da sociedade brasileira de cirurgia do pé e Médico Ortopedista gestor do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Santa Cruz.

A cirurgia minimamente invasiva na cardiologia possibilita uma incisão de menor tamanho em relação à cirurgia convencional. Com esse procedimento cirúrgico, o tempo pode ser reduzido para duas semanas ou menos dependendo da recuperação individual.

A operação também proporciona um menor processo inflamatório e inchaço, levando a uma recuperação mais rápida do paciente. A cirurgia minimamente invasiva possibilita não somente menores incisões, mas menor manipulação e ativação do sistema inflamatório e metabólico, podendo o paciente receber alta hospitalar em até três dias no caso de uma troca de válvula cardíaca e Revascularização do Miocárdio, como explica o doutor Renato Bauab Dauar. Essa técnica cirúrgica é uma área do conhecimento médico que deve ser feita em Hospitais especializados que proporcionem ao paciente e ao cirurgião segurança para aplicá-la.

O Hospital Santa Cruz foi um dos primeiros a empregar profissionais especializados nesse tipo de intervenção cirúrgica. Além disso, investiu em equipamentos que são imprescindíveis ao procedimento. A instituição está localizada no bairro da Vila Mariana, próximo à Estação Santa Cruz do Metrô, e foi fundada há 71 anos e é reconhecida pelo atendimento personalizado que oferece aos seus pacientes. Referência no atendimento às principais especialidades médicas, com centro de diagnóstico clínico e de imagem com equipamentos de última geração, o Hospital está preparado para prestar serviço humanizado e voltado à prevenção e bem estar do paciente e como diferencial, disponibiliza serviço de check up, psicologia nutricional, fisioterapia e reabilitação, além de acompanhamento psicológico para os pacientes e familiares.

Menu