Cateterismo cardíaco: entenda melhor e tire suas dúvidas

Categoria: Sem categoria

O cateterismo é um procedimento realizado por médico especialista em cardiologia, e costuma ser utilizado no diagnóstico ou tratamento de doenças cardíacas.

O que é o cateterismo cardíaco

O cateterismo é um procedimento no qual é introduzido um cateter (espécie de tubo fino e flexível) na artéria do braço ou da perna, sendo conduzido até o coração. O exame também é conhecido como angiografia coronária.

Para que serve o cateterismo

O cateterismo cardíaco, é um exame cardiológico um pouco mais invasivo em relação ao Ecocardiograma ou a Teste ergométrico. Ele é realizado quando há necessidade de diagnosticar ou tratar problemas cardíacos. Dentre tais condições, é possível destacar:

  • Analisar se há lesões nas válvulas ou no músculo cardíaco;
  • Verificar se as artérias coronárias, responsáveis por irrigar o coração, estão com algum entupimento;
  • Trazer clareza aos médicos no caso de suspeita de malformação congênita (em caso de crianças e recém-nascidos);
  • Checar se há alterações na anatomia do coração (quando não é possível chegar ao diagnóstico por outros exames);
  • Obs: O cateterismo como exame diagnostico pode recomendar um novo procedimento para desobstruir este entupimento das artérias coronárias.

Quando o cateterismo cardíaco é realmente necessário?

O cateterismo cardíaco se torna necessário quando é preciso confirmar a presença de Doença Arterial Coronária (DAC), doenças do músculo cardíaco, das válvulas cardíacas, da artéria aorta ou dos vasos pulmonares.

Também, é preciso realizar o exame para saber se será necessário tratamento cirúrgico, como correção de cardiopatias congênitas, angioplastia coronária ou cirurgia cardíaca.

Como o paciente deve se preparar para o exame

No caso de pacientes provenientes da residência, ou seja, que não estão internados, as informações protocolais serão adquiridas na hora de agendar o exame.

Quem já enfrentou algum tipo de alergia durante a realização de exames médicos que utilizam contraste, precisa notificar o médico que solicitou o exame para receber as orientações corretas de como proceder nesse caso.

Pacientes que já fizerem uso de anticoagulantes ou de antidiabéticos orais devem conversar com o médico especialista em cardiologia, que solicitou o exame, pois será preciso fazer a suspensão temporária ou alguns ajustes nas medicações antes da realização.

Em todos os casos, é preciso estar em jejum por, pelo menos, 4 horas antes da realização do cateterismo.

Também, é recomendável aos pacientes levarem todos os exames feitos nos 6 meses anteriores ao cateterismo, como teste de esforço, angioplastia, cintilografia miocárdica, relatórios de cirurgia cardíaca e resultados de exames de rotina (laboratoriais).

Riscos do cateterismo cardíaco

Ainda que o exame seja realizado por médico especialista em cardiologia, e que seja seguro, possui alguns riscos, como:

  • Reação alérgica ao contraste utilizado no exame;
  • Sangramento ou infecção no local de inserção do cateter;
  • Arritmia ou batimento cardíaco irregular, que pode desaparecer um pouco ou persistir, exigindo tratamento medicamentoso;
  • Lesões nos vasos sanguíneos;
  • Queda de pressão;
  • Acúmulo de sangue na região que envolve o coração, impedindo que o órgão funcione perfeitamente.

Apenas bom especialista em cardiologia pode realizar o procedimento com segurança

Quando o cateterismo é realizado por médico especializado em cardiologia, e capacitado para tal, os riscos são mínimos, por isso é fundamental procurar clínica ou hospital com referência em cardiologia e com equipamentos de ponta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu