Ortopedia

Ortopedia

A+

A

A-

Instagram
LinkedIn
YouTube

O que é

Existe uma série de fatores que podem prejudicar a movimentação natural do corpo humano. Para compreender melhor o funcionamento do sistema locomotor, surgiu a ortopedia, área da medicina responsável pelo diagnóstico e tratamento de lesões e outras doenças que acometem ossos, músculos, tendões, ligamentos e articulações de todo o corpo.

Foco

Ainda que muitas doenças tratadas pela ortopedia estejam ligadas à ocorrência de um trauma (como torções ou fraturas), existem outras que acontecem naturalmente, como luxações congênitas, deformidades ósseas e cânceres.

O ortopedista é o profissional indicado para tratar todos esses casos, utilizando-se de métodos físicos, clínicos e cirúrgicos para realizar o tratamento de patologias, como hérnia, bursite, doenças da coluna, artrose, gota, artrites, tendinites, edemas etc.

O especialista em ortopedia também é de grande ajuda para quem realiza alguma prática esportiva, seja no acompanhamento profissional de atletas ou para tratamento de lesões causadas pelo esporte.

Enfermidades

O ortopedista pode tratar pessoas de todas as faixas etárias, a partir de 15 anos, que estejam com alguma dor ou desconforto que as impeça de se locomover normalmente.

As principais enfermidades ortopédicas que geralmente atingem os pacientes podem ser subdivididas em categorias. São elas:

Punho e mão:
Coluna:
Tornozelo e pé:
Joelho:
Quadril:
Ombro e cotovelo:
Punho e mão:
  • Dedo em gatilho;
  • Tendinites;
  • Síndrome do canal cárpico;
  • Artroses;
  • Fraturas.
Coluna:
  • Lombalgia;
  • Lombociatalgia;
  • Fraturas da coluna vertebral;
  • Hérnia de disco;
  • Escoliose;
  • Cifose;
  • Espondilite;
  • Canal estreito lombar;
  • Discartrose;
  • Artroses.
Tornozelo e pé:
  • Instabilidade do tornozelo;
  • Entorse do tornozelo e pé;
  • Fraturas de calcanhar;
  • Ruptura do tendão de Aquiles;
  • Tendinite do Aquiles;
  • Fraturas de stress;
  • Pé chato;
  • Dedos em garra;
  • Joanete;
  • Dedos em martelo;
  • Artroses;
  • Fasceíte plantar;
  • Pé diabético;
  • Síndrome canal társico.
Joelho:
  • Ruptura dos ligamentos cruzados;
  • Lesão dos meniscos;
  • Gonartrose;
  • Artrose femoro-patelar;
  • Artrose.
Quadril:
  • Artrose;
  • Fratura colo femoral;
  • Coxartrose;
  • Necrose da cabeça do fêmur;
  • Desvios do alinhamento eixo.
Ombro e cotovelo:
  • Artrose;
  • Tendinites;
  • Omartrose;
  • Bursite.

Infraestrutura ao paciente

Os tratamentos ortopédicos podem variar muito de acordo com a doença. Técnicas como aplicação de gesso, de infiltrações e a fisioterapia costumam ser muito utilizadas.

Exames e procedimentos relacionados

Densitometria: Exame radiológico que tem como principal objetivo medir a densidade dos ossos. Costuma ser indicado para o diagnóstico de osteopenia e osteoporose.

Ultrassom: O ultrassom é muito comum em outras áreas médicas, mas também pode ser utilizado pela ortopedia para avaliar lesões e a condição de um membro afetado, sendo parte fundamental do processo de decisão médica em relação ao melhor tratamento.

Raio-X: Esse exame serve para se ter clareza sobre a dimensão da fratura que uma pessoa sofreu e, também, os possíveis danos a articulações e outros tecidos, indicando a exata posição da fratura e fragmentos de ossos.

Ressonância magnética: Por meio de ondas de radiofrequência e de um campo magnético, é possível transmitir dados detalhados sobre tecidos e órgãos internos, sem necessidade de usar radiação ionizante.

Tomografia: Por meio de radiação ionizante, é possível detectar imagens de toda a região a ser tratada. A tomografia possibilita ao médico ter uma visão privilegiada para auxiliar no diagnóstico e na escolha pelo tratamento.

Assuntos relacionados

O surgimento de novos esportes, de novas formas de locomoção, assim como o envelhecimento da população, tem trazido cada vez mais desafios para a ortopedia, o que acabou culminando no desenvolvimento de novas abordagens.

A ortopedia traumatológica, por exemplo, é uma especialidade extremamente importante. Avalia deformidades dos ossos, ligamentos, músculos, articulações e tudo o que possa estar ligado ao sistema locomotor.

Menu